Lula da Silva protestado enquanto discursava no parlamento português

 presença do Presidente do Brasil, Lula da Silva, na Assembleia da República portuguesa, nesta terça-feira, 25 de Abril, é alvo de protestos por indivíduos pró e contra sua gestão enquanto líder do Partido dos Trabalhadores (PT).

Lula da Silva foi convidado ao alusão ao feriado de 25 de Abril, data que se comemora a revolução dos cravos, em Portugal, e lutou contra a ditadura, a crise econômica e as guerras em países colonizados da África.

A manifestação contrária a Lula foi convocada pelo partido da direita radical português Chega. Os manifestantes entoam frases como “não vai ter picanha” e “Lula, ladrão, seu lugar é na prisão” e mostram cartazes e bandeiras.

Lula da Silva, discursou nessa manhã, durante 20 minutos na, onde pediu a união do país, “não ao racismo, viva à liberdade” e anunciou que o Brasil está de volta a arena internacional.

C/CNN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *